segunda-feira, 1 de março de 2010

Para desanuviar um pouco os efeitos do mau tempo , e sem querer ofender qualquer partido politico:




"Cá vai uma anedota de alentejanos"

O Engenheiro José Socrates vai ao Alentejo em campanha eleitoral quando se depara com um alentejano a descansar à sombra de um chaparro.
Decide então impingir-lhe a lenga-lenga da campanha.
Trocam palavras até que José Socrates se sai com esta:
Ó compadre,-e se tivesse de trabalhar para o PCP, quantas horas diárias faria?
Ao que o alentejano responde:- Para o PCP? Nem uma...
Pensa logo José Socrates: "Este pelo menos não é comunista".
Pergunta então novamente:- E para o CDS-PP, quantas horas trabalharia?
Para esses maganos umas 3, 4 horas diárias...-
E para o PSD?-
Para esses já trabalhava umas 8, vá lá, 10 horas.-
E para o PS?-
Oh Senhor Primeiro Ministro, para o PS trabalharia 24 horas por dia se fosse preciso.
Impressionado então com tamanha dedicação do homem, Socrates disse:- Assim é que é... Esforço, empenho e dedicação é o que precisamos.
Já agora, qual é a sua profissão?-
Sô covêro!


Um comentário:

Felipa disse...

Boa piada... políticamente (in)correcta!
Um abraço